“O Jornalismo é uma Profissão?” em debate na RTP2

phpthumb_generated_thumbnailjpgO título (só) deve ser visto como uma provocação. A esclarecer no próximo “Clube dos Jornalistas”, quinta-feira, às 23h30, sobretudo pelos convidados: José Rebelo, professor no ISCTE; Baptista Bastos, jornalista e escritor; Vítor Oliveira, jornalista da RDP.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

2 thoughts on ““O Jornalismo é uma Profissão?” em debate na RTP2

  1. Para mim, não pode ser. Do que me tem sido dado a observar, há de tudo no meio: os que nasceram para ser jornalistas; os que estão no jornalismo por engano (pensavam que era um conto de fadas e descobriram tarde ao que iam); os que fazem disto apenas uma forma de ganhar a vida (esses, geralmente, passam a vida a queixar-se).

    Todas as profissões terão o seu encanto, mas ainda não consegui descobrir nenhuma que fosse comparável: o jornalismo não pode ser encarado como «apenas» uma profissão. É muito mais do que isso. Não se «deixa» de ser jornalista quando não se está a trabalhar. Quem o faz a custo, cedo perceberá que se enganou no ofício.

    E é preciso ler, ler muito. Os jornais dos outros, os livros de sempre. Dá cabo da vista. Dá cabo da paciência, às vezes. Faz perder muita coisa boa da vida. Mas quando se gosta, e eu ainda gosto, é de longe, e sem favor, a mais bela profissão do Mundo.

  2. Muito obrigada, Germano, pelo teu comentário. Também partilho da tua opinião (se calhar porque partilhamos, também, a mesma escola). Gostei também da forma como descontruíste a pergunta e a revestiste de outro significado, de forma perspicaz, como sempre.