Call for Papers para a Revista Crítica de Ciências Sociais: “Em torno da cidade criativa”

(21/10/2011) Número especial da Revista Crítica de Ciências Sociais (n.º 99)

Tema: “Em torno da cidade criativa”

Data-limite para envio de textos: 31 de Março de 2012
Notificação de aceitação: Julho de 2012
Publicação do número temático: Dezembro de 2012

O ponto de partida deste número especial da RCCS é a tendência política predominante, ainda que fortemente criticada, para que as cidades participem na corrida internacional das identidades que vão estando na moda e para que se envolvam no jogo da competitividade económica através de investimentos em projectos emblemáticos de arquitetura e da construção de lugares que visam atrair talentos criativos móveis. Contribuindo para uma assinalável renovação urbana e para estratégias de revitalização económica em várias cidades, essas abordagens tendem, igualmente, a negligenciar questões de equidade e de inclusão social, originando rupturas de comunidades criativas/artísticas existentes e favorecendo os maiores e os mais apelativos produtos culturais que circulam globalmente (exposições, performances, artistas), ao mesmo tempo que evidenciam abordagens preocupadas com as culturas locais e os patrimónios ‘autênticos’. Ainda que essa perspetiva continue a ser palpável, ela deixou se ser encarada como o único caminho possível para a renovação urbana criativa e para o desenvolvimento económico, sendo evidente a necessidade de propor e de analisar abordagens alternativas que sejam mais sensíveis às realidades e questões locais; ambiental, social e economicamente sustentáveis; e atentas às questões da inclusão, da justiça e das realidades multiculturais. Os brilhantes holofotes políticos e mediáticos dos investimentos e das iniciativas das ‘cidades criativas’ – assim como a atenção conferida pelas agendas de investigação a esses desenvolvimentos – levaram a que outras opções culturais ficassem nas sombras. É tempo de explorar esses espaços alternativos, as ideias, as estratégias e as forças socioculturais em jogo e que podem conduzir-nos à elaboração de padrões alternativos de desenvolvimento criativo.

Este número temático procura reunir perspetivas criativas e interdisciplinares da socioantropologia, das artes e estudos culturais, da arquitetura, das políticas culturais e de outras disciplinas que abordem a organização, os usos e as imagens dos espaços urbanos. Entre outros, os artigos podem incidir nas seguintes dimensões: estilos de vida e modos de resistência, condições socioeconómicas e empoderamento dos residentes através de iniciativas culturais e artísticas, impactos do turismo e das iniciativas ‘cidade criativa’ nas cidades ao longo da última década, afirmação de expressões culturais e governação democrática das cidades.

A Revista Crítica de Ciências Sociais está sujeita a arbitragem científica. Todos os artigos submetidos são avaliados por três avaliadores e ordenados a partir de critérios de qualidade académica, originalidade e relevância em relação aos objetivos e ao espectro temático deste número.

Mais informações aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*