Lisbon_International_Workshop_E_card

Lisboa International Workshop. Museus de Cidade Hoje. Novas Perspetivas.

(29/06/2012) Realiza-se no dia 10 de Julho, no Museu da Cidade, em Lisboa, o “Lisboa International Workshop. Museus de Cidade Hoje. Novas Perspectivas”.

Este workshop conta com a participação das entidades parceiras do projecto “Tripartite cooperation to developing city museology” (Museu Ahmet Piristina, Museu da Cidade de Lisboa e Museu do Património Industrial de Bolonha), mas também co-responsáveis de outros museus de cidade de relevância europeia e internacional: o Museu de Londres, o Museu de Amesterdão e o recente Museu da Cidade de Bolonha da Fundação Genus Bononiae.

A entrada é livre, mediante inscrição prévia. Mais informações aqui.

Mesa-redonda “Redes Culturais de Iniciativa Local: Dificuldades e Impactos”

(17/05/2012) Vai decorrer no próximo dia 24 de Maio, às 14h30, na Biblioteca da Fundação Serralves, a mesa-redonda “Redes Culturais de Iniciativa Local: Dificuldades e Impactos”. O encontro, que será moderado por Miguel Gama e contará com a participação de algumas personalidades responsáveis por equipamentos culturais,constitui uma tentativa de, através da apresentação de casos práticos, responder à questão “serão as redes culturais uma estratégia consistente e consequente para a definição de uma política cultural para Portugal?”.

A participação é gratuita, mediante inscrição prévia através do e-mail i.koehler@serralves.pt.

Seminário internacional “Comunicação como Cultura”

(08/05/2012) Decorre no próximo dia 18 de Maio,  na Biblioteca Nacional, em Lisboa, o Seminário Internacional “Comunicação como Cultura”, no qual se «pretende discutir a comunicação como uma noção intelectual com caráter universalista, cujo fim é o conhecimento do mundo, fundamental para o entendimento e compreensão mútua». O seminário começa às 10h00 e conta com a participação de Yves Winkin, Paulo Filipe Monteiro, Isabel Babo Lança, Filipa Subtil e Jefferson Pooley.

O programa está disponível aqui.

 

Conferência “O impacto da cultura no desenvolvimento turístico e económico”

(16/03/2012) A River Cities Platform Foundation promove no próximo dia 22 de Março, no Museu do Fado, em Lisboa, a conferência “O impacto da cultura no desenvolvimento turístico e económico”.

A entrada é gratuita, sujeita à disponibilidade do espaço, pelo que as pré-inscrições deverão ser feitas até 20 de Março, através de um envio de e-mail para helenacosta@egeac.pt.

O programa pode ser acedido aqui.

addict

Debate “Incubadoras e Empreendedorismo Criativo”

(05/03/2012) A Addict e a Incubadora de Indústrias Criativas INSERRALVES, da Fundação Serralves, promovem no próximo dia 14 de Março, às 16h30, o debate “Incubadoras e Empreendedorismo Criativo”, focando-se precisamente na questão das incubadoras como espaços de fomento e alicerce para os negócios criativos. A entrada é gratuita, sujeita a inscrição prévia. Mais informações aqui.

Designa 2011 – inscrições até 20 de Novembro

(17/11/2011) Decorre nos próximos dias 25 e 26 de Novembro, na Universidade da Beira Interior, a conferência anual de investigação em Design  – DESIGNA 2011, subordinada, nesta edição, ao tema “A Esperança Projectual”, com o propósito de reflectir sobre o desempenho da criatividade em tempos de crise. As inscrições podem ser feitas através do site do evento, até 20 de Novembro.

Future Places começa hoje

(19/10/2011) Tenho mesmo pena de não poder ir. A quarta edição do festival Future Places começa hoje, dia 19, no Porto. Organizado pelo programa UT Austin Portugal (do qual o meu doutoramento faz parte), este evento é dos poucos que se debruçam sobre a influência dos media digitais nas culturas locais.

Do extenso programa, destaco os laboratórios gratuitos na associação Maus Hábitos (quarta e quinta), o simpósio dedicado à apresentação de projectos no âmbito do doutoramento em Media Digitais (sexta) e a conferência “Copyright, Creativity and Change” (Sábado). Descubram mais aqui!

Ciclo Mediações – “Programar a Arte Contemporânea”

(14/10/2011) Jean-François Chougnet – director geral de Marselha-Provença 2013, Capital Europeia da Cultura, e ex-director do Museu Berardo – é o primeiro convidado do ciclo MEDIAÇÕES, com a conferência “Programar a Arte Contemporânea?”, a realizar no próximo dia 20 de Outubro, às 18h00, no Auditório 1 da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

 Trazer à Universidade Nova de Lisboa, com periodicidade bimestral, especialistas nacionais e estrangeiros para debater os processos de mediação que definem o intervalo entre a produção artística e a sua apresentação ao público é o objectivo deste ciclo, promovido pelo Instituto de História de Arte da Universidade Nova de Lisboa.

ModaLisboa – Transfusion (calendário de desfiles)

(6/10/2011) Um calendário de desfiles bem coordenado e um espaço que me enche as medidas (Terreiro do Paço / Pátio da Galé). 
5ª FEIRA
6 OUTUBRO 2011
.
– 17H30 INAUGURAÇÃO NÚCLEO EXPOSITIVO
PAÇOS DO CONCELHO
– 18H30 OS BURGUESES LAB
– 19H30 ALEXANDRA MOURA
– 20H30 PEDRO PEDRO
– 21H30 MARIA GAMBINA
– 22H30 ALVES/GONÇALVES
.
6ª FEIRA
7 OUTUBRO 2011
.
– 18H00 V!TOR LAB
– 19H00 RICARDO PRETO
– 20H00 LUÍS BUCHINHO
– 21H00 CIA MARÍTIMA
– 22H00 ANA SALAZAR
.
SÁBADO
8 OUTUBRO 2011
.
– 14H00 SAYMYNAME LAB
– 15H00 RICARDO ANDREZ LAB
– 16H00 FILIPE FAÍSCA
– 17H00 LIDIJA KOLOVRAT
– 18H00 DAWID TOMASZEWSKI
– 19H00 ADIDAS
– 20H00 WHITE TENT
– 21H30 NUNO BALTAZAR
.
DOMINGO
9 OUTUBRO 2011
.
– 14H00 DANIEL DINIS LAB
– 15H00 MARQUES’ ALMEIDA LAB
– 16H00 KATTY XIOMARA
– 17H00 MIGUEL VIEIRA
– 18H00 ALEKSANDAR PROTIC
– 19H00 NUNO GAMA
– 20H00 RICARDO DOURADO
– 22H00 DINO ALVES
 

Lisboa na Rua – vale a pena sair

Até 11 de Setembro, as ruas de Lisboa serão animadas com música, cinema e outras intevenções artísticas, numa iniciativa promovida pela EGEAC. Todas as entradas são gratuitas.

Na terceira edição do “Lisboa na Rua”, aconselho que saia à rua pelo menos nestes dias (o programa completo pode ser visto aqui).

 

Para ouvir jazz

» 18 de Agosto, Quinta, às 19h, no Largo de São Carlos

Se ler este post a tempo, dê um saltinho ao Chiado e ouça a Orquestra Jazz de Matosinhos. Já tive ocasião de a ouvir e o tempo voou demasiado depressa.

» 8 de Setembro, Quinta, às 19h, no Largo da Estação do Rossio

É o dia da Big Band do Hot Clube de Portugal. Um clássico do jazz vale sempre a pena.

 

Para ver ou rever filmes

» 19 de Agosto, Sexta, às 22h, na Praça do Rossio

Só pelo facto de ter o patrocínio do IKEA, que disponibilizou uns tantos sofás para os espectadores, a experiência já poderia ser engraçada. Porém, o filme do sueco Roy Andersson, “Tu, que vives”, é mesmo muito bom.

» 27 de Agosto, Sábado, às 22h, no Mercado de Benfica

Se ainda não viu, faça favor de ir ver. “Os Respigadores e a Respigadora”, de Agnès Varda, é um “clássico” dos documentários contemporâneos. E um dos meus preferidos.

» 3 de Setembro, Sábado, às 22h, na Esplanada do Parque Eduardo VIII

Wong Kar-Way é um dos meus cineastas asiáticos preferidos. Veja o “Felizes Juntos” neste dia, mas alugue depois o “Chungking Express”.

 

Para ouvir música clássica

21 e 28 de Agosto, Domingo, às 19h, na Avenida da Liberdade e na Tapada das Necessidades (respectivamente)

O Almost6 é um quinteto de trompetes com percussão, constituído por músicos e ex-músicos da Orquestra Metropolitana do Porto, com a missão de explorar as potencialidades do trompete. É de ouvir.

 

4 e 11 de Setembro, Domingo, às 19h, no Cais do Sodré e no Largo Camões

Por último, é de ouvir também o Quinteto de Metais da Metropolitana, uma experiência bem sucedida.

 

7.º SOPCOM – Meios digitais e indústrias criativas

(13/05/2011) “Meios Digitais e Indústrias Criativas – os efeitos e os desafios da Globalização” é o tema escolhido para o VII Congresso da SOPCOM. O congresso realiza-se entre 15 e 17 de Dezembro na Universidade do Porto, e pretende discutir o papel das indústrias criativas e da sua relação com os meios digitais em Portugal e no Mundo.

As propostas de comunicações a apresentar no Congresso devem ser feitas até 20 de Julho. Mais informações aqui.

Conferência “Jornalismo de Teatro”, hoje, às 19h00, no TNDM II

“O Teatro é notícia?”  constitui o mote para a conferência que decorre hoje (10 de Maio) no Teatro Nacional D. Maria II, às 19h00, dedicada ao Jornalismo de Teatro.

Políticas editoriais, importância dos media na divulgação das artes de palco e o perfil dos jornalistas de teatro serão algum dos temas abordados neste encontro, com moderação de Miguel Abreu e participação de Cristina Margato (Expresso), Rui Lagartinho (RTP), Inês Nadais (Público), Miguel Andrade (SIC) e Ana Dias Ferreira (Time Out).

A entrada é livre.

O jornalismo narrativo nos media

(21/03/2011) Haverá espaço para o jornalismo narrativo nas redacções? E será que o futuro do jornalismo passa também por aqui? Como contar uma boa história e manter uma ligação forte com o público? Estas e muitas outras questões estarão em cima da mesa num debate que reunirá quatro jornalistas (Ana Sofia Fonseca, José Vegar, Paulo Moura e Ricardo J. Rodrigues), na Universidade Lusófona, em Lisboa, na 8ª Edição do Ciclo de Conferências Comunicação e Jornalismo no séc. XXI.

A Direcção do Curso de Comunicação e Jornalismo convida todos os interessados a estarem presentes na conferência “O Jornalismo Narrativo nos Media”, que terá lugar a 24 de Março, às 17h30, no Auditório Armando Guebuza (Edifício da Biblioteca). A entrada é livre e será atribuído Certificado de Participação.

Fonte: U. Lusófona

Colóquio internacional “Moda & Comunicação”

(14/03/2011) O colóquio internacional “Moda & Comunicação – Discursos e Práticas” decorre nos próximos dias 31 de Março, 1 e 2 de Abril de 2011, no MUDE – Museu do Design e da Moda. Com o objectivo de abrir o fenómeno da moda à reflexão, o evento está organizado em cinco mesas-redondas: “Discurso, memória, performance”, “Instituição, ensino, indústria”, “Identidade, máscara, festa”, “Imagem, ornamento, território” e “Moda de marca / moda de autor”.

No dia 1 de Abril, às 10h00, será apresentada a última edição da Revista de Comunicação e Linguagens, editada pelo CECL (Centro de Estudos de Comunicação e Linguagem da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa), dedicada ao design.

A participação no colóquio é livre e confere certificado de participação.

O programa está disponível aqui.

Lectures on Digital Media com António Câmara

(24/11/2011) “Computação invísivel” é o tema da conferência de António Câmara, que terá lugar no Auditório 1 da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, no próximo dia 16 de Fevereiro, quarta-feira, às 18h. O evento é da responsabilidade do Departamento de Ciências da Comunicação desta instituição, no âmbito do mestrado em Novos Media e Práticas Web e do doutoramento em Digital Media.

António Câmara é fundador e director da Ydreams e professor na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

A entrada é livre.

Workshop “Digital Killed the Radio Star” (Lisboa)

(17/01/2011) Steven Greenberg, conhecido produtor de música e promotor de várias iniciativas para reinventar o negócio da música da era digital e Yoni Bloch, músico e empreendedor hi-tech são os oradores convidados do Workshop “Digital Killed the Radio Star?  – A música e o entretenimento na era digital”. Esta iniciativa, promovida pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDP), reunirá a 26 de Janeiro, no BBC, os vários protagonistas do mundo dos media para analisar o futuro da indústria.

Mais informações aqui.

[Fonte: APDP]

Encontro de investigadores de Comunicação (Braga e Lisboa)

(06/01/2011) Duas óptimas iniciativas! O 1.º Encontro de Jovens Investigadores das Ciências da Comunicação decorre na Universidade do Minho, dia 7 de Janeiro (mais informações aqui). Em Lisboa, o grupo INova Comunicação da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (UNL) promove um encontro de estudantes de 2.º e 3.º ciclos de Comunicação, no dia 20 de Janeiro, às 18h, na Sala Multiusos, subordinado ao tema “Criador e Criatura: as Tecnologias da Informação e Comunicação no novo Contexto das Tecnologias Emergentes”, moderado pelo prof. Jorge Rosa (mais informações aqui).

Conferência “Uma década de jornalismo – o que mudou e vai mudar”

(05/01/2011) Decorre na próxima sexta-feira, 7 de Janeiro, no Auditório da Fundação Museu do Oriente, a conferência “Uma década de jornalismo – o que mudou e vai mudar”. O evento, organizado pela SIC Notícias, conta com a participação especial de Adam Boulton, editor de política da Sky News. A entrada é livre, mediante inscrição pelo e-mail conferencia10anos@sic.pt até ao dia 6 de Janeiro.

O programa está disponível aqui.

REMADE

Remade in Portugal 4.0 – Exposição de Design Ecológico e Artes Plásticas

(05/12/2010) A quarta edição da Remade – Exposição de Design Ecológico e Artes Plásticas desenvolve-se como se fosse um jogo, dividindo-se em 8 níveis/plataformas que o visitante deverá percorrer. É, assim, dentro deste conceito que surge o lema “Game Over – Press Start”, que “significa não desistir e continuar a agir para melhorar o nosso Planeta”. Está patente ao público no Museu da Electricidade, em Lisboa, entre 6 de Dezembro de 2010 e 2 de Janeiro de 2011.

Call for Papers # PERFORMA – Encontros de Investigação em Performance

O Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro acolherá, entre 19 e 21 de Maio de 2011, uma conferência internacional sobre temas de investigação em interpretação e artes performativas. O PERFORMA’11 define-se como um espaço multidisciplinar de debate sobre o universo da interpretação musical. Os oradores principais serão o Prof. Doutor Richard Taruskin, da Universidade da Califórnia (Berkeley) e o Prof. Doutor Thomas Turino, da Universidade de Illinois.

Esta edição privilegiará apresentações ligadas às seguintes temáticas: performance e memória, performance e género, e performance e corpo. Serão também aceites temas livres de proveniências disciplinares diversas, com alargamento às áreas da psicologia da música, musicologia, etnomusicologia, pedagogia, práticas interpretativas, análise performativa e reflexão filosófica sobre interpretação.

A organização do PERFORMA convida à apresentação de comunicações, em português ou, preferencialmente, em inglês. As propostas deverão ser enviadas em forma de resumo de 300 palavras no máximo, dentro dos seguintes formatos: apresentação de artigo, conferência-recital, painel, workshop e poster As propostas devem ser enviadas por correio electrónico para performa@ca.ua.pt até 15/01/11.

Mais informações no site do evento: http://performa.web.ua.pt/

futureplaces

FuturePlaces – Digital Media and Local Cultures (Porto)

São cinco dias de workshops, exposições e outras iniciativas sobre o potencial e o impacto dos media digitais sobre as culturas locais. Organizado pelo programa Universidade de Austin | Portugal, o festival FuturePlaces tem locais marcados na cidade do Porto entre 12 e 16 de Outubro.

A entrada é gratuita, excepto para os workshops, que exigem inscrição prévia. Destaco, do programa, as iniciativas que exponh abaixo.

12 e 13 de Outubro

  • workshop 1 – Uncovering Urban Storied: the Story in the Mirror
  • workshop 2 – Mobile, digital, Cooperative: radiate yourself
  • workshop 3 – Collaboratory: Neighborhood Science
  • workshop 4 – Introduction to Android Development

14 de Outubro

  • Bruce Pennycook: The impact of New Media in Music Creativity (na associação Maus Hábitos)
  • Mostra MATADATAC (Muestra Abierta de Arte Audiovisual Contemporanea)

15 de Outubro

  • Portophone (sessão de improviso baseada em interfaces digitais desenvolvidos pela Digitopia)

16 de Outubro

  • It´s Raining Families (performance ao ar livre)

 

vogue

Vogue Fashion´s Night Out – Porquê ir?

Na próxima quinta-feira à noite, 9 de Setembro, a Rua Castilho, a Avenida da Liberdade e a zona do Chiado vão ter as lojas abertas até às 24 horas, com preços de “happy hour”. Esta iniciativa, que se estende a várias capitais do mundo, é promovida pela revista de moda internacional Vogue com o objectivo de revitalizar o prazer de ir às compras. O serão inclui não só preços competitivos, mas também eventos de solidariedade e lazer.

Algumas propostas:

  • o átrio do Tivoli Fórum acolhe uma exposição com criações dos designers nacionais (desde as 13h até às 24h);
  • a Massimo Dutti sorteia um conjunto completo da marca na compra da mala edição limitada do evento;
  • a dupla StoryTailors sorteia um dos seus lindíssimos espartilhos pelos clientes que fizerem compras de valor igual ou superior a 150 €; além disso a loja terá peças com 70% de desconto;
  • a Fashion Clinic sorteia um par de Louboutins;
  • a Gant premeia o cliente com maior volume de compras entre as 19h e as 24h com uma bicicleta Gant City Bike.

 

Além de ser um mote para passear a pé no centro de Lisboa, é sempre bom fazer compras no comércio tradicional. A Vogue divulga na página de facebook do evento as lojas aderentes e os diversos tipos de iniciativa.

creativeindustries

I Creative Industries Workshop (Porto)

Finalmente está aí o I Workshop Anual de Indústrias Criativas (CIW2010), que terá lugar no Porto, de 16 a 18 de Setembro de 2010.

Um dos objectivos principais do CIW2010 é fazer um trabalho preparatório para a criação de uma Rede Global para as Indústrias Criativas, em especial para o sector Audiovisual,  a fim de desenvolver alianças estratégicas de orientação business-to-business no âmbito das Indústrias criativas.

Este evento é promovido pela Universidade do Porto e a Universidade Católica, sob o auspício da entidade agregadora ADDICT – Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas, em colaboração com a Universidade de Austin (EUA).

Consulte o programa aqui.

entre_polos_

Entre Pólos – 1.ª mostra de ilustração e desenho até 31 de Julho

Trinta e três talentos nacionais na área da ilustração e desenho mostram o seu trabalho na primeira edição da “Entre Pólos”, no Pavilhão 28 (Hospital Júlio de Matos) em Lisboa. A exposição é organizada pela Magnética Magazine,  que dedica, aliás, a sua edição de Julho à ilustração nacional. Os artistas foram escolhidos a partir de uma centena de candidaturas, segundo critérios de inovação, criatividade e qualidade visual.

Recomendo a visita.

Ilustração: João Concha, um dos participantes.

olho_bionico

O Olho Biónico de Daniela Ribeiro

A exposição Olho Biónico – Ensaio de Comunicação, de Daniela Ribeiro, patente no Museu das Comunicações até ao próximo dia 31 de Julho, resultou de um desafio lançado pela Fundação Portuguesa de Comunicações a esta artista plástica. Objectivo: perspectivar uma tendência evolutiva da comunicação futura. Resultado: um projecto composto por 14 olhos biónicos, criados a partir de componentes electrónicos de cerca de 2000 telemóveis, combinando fotografia e tecnologia, ligados entre si pela Internet.

Daniela Ribeiro é fundadora da ArtinPark, uma associação cultural que proporciona ateliers a 12 jovens artistas, localizada desde 2008 na Spazio Dual (Av. Da República, 41, Lisboa), um espaço que combina um showroom de automóveis das marcas Alfa Romeu e Lancia, um restaurante e 800 metros quadrados da associação transformados em ateliers, loja e galeria.

Duas visitas a fazer.

estoril fashion festival

Estoril FashionArt Festival

A Moda Lisboa pode ter regressado à capital, mas o bichinho fashion não saiu do Estoril. A primeira edição do Estoril FashionArt Festival, organizada pela Associação ModaLisboa, a Câmara Municipal de Cascais e o Turismo do Estoril, vai realizar-se entre 30 de Junho e 4 de Julho e promete uma programação variada, assente na interligação entre a moda com outras áreas criativas, desde a fotografia ao publishing.


O evento tem, de facto, vários atractivos, dos quais sugiro:

  • instalação de fotografia contemporânea nas fachadas dos principais edifícios de Cascais e Estoril (aproveite para dar um passeio);
  •  exposição Paco Rabanne, patente do Museu Condes de Castro Guimarães até 11 de Julho;
  • desfiles de Aforest Design, Lara Torres, Ricardo Andrez, Vítor e White Tent, na marina de Cascais, dia 1 de Julho, às 22h (é necessário convite);
  • desfile “Eterna é a Noite” (criadores portugueses), na marina de Cascais, dia 2 de Julho, às 22h (é necessário convite);
  • instalação Roryal Vintage Bazar, uma selecção criteriosa de artigos vintage, patente ao público nos dias 3 e 4 de Julho, no Jardim da Parada;
  • selecção de filmes e documentários sobre moda, no auditório Casa das Histórias (ver programa).



    familia4

    Quem é a sua família?

    A riqueza cultural do mundo reside na sua diversidade. Quer aquela mais óbvia quer a que se vislumbra. E esta exposição enche-me as medidas, das duas formas. Já tinha lido sobre ela em vários jornais e revistas (a propósito, a Alexandra Prado Coelho escreveu para a Pública uma peça lindíssima acerca da exposição) e visto várias imagens, mas, ao contrário de tantas outras mostras fotográficas, nesta ganha-se muito (aliás, tudo) em ir lá. 

    O conceito da exposição “1000 Famílias – O Álbum de Família do Planeta Terra”, promovida pela Aministia Internacional, é simples (daquela simplicidade que a torna tão rica): o fotógrafo alemão Uwe Ommer percorreu os cinco continentes durante quatro anos, entre 1996 e 2000, e ia perguntando às pessoas com quem se cruzava – empregados de escritório no Brunei, marinheiros no México ou membros da cultura amish – se podia fotografar as “suas” famílias, com o propósito de criar um “álbum de família” para o nosso planeta. E é aqui que, na minha opinião, reside a originalidade e valor cultural desta exposição – as diferentes percepções do conceito de família nos vários cantos do mundo.

    “1000 Famílias – O Álbum de Família do Planeta Terra” está patente ao público, em Belém, junto ao Museu da Marinha (a exposição é ao ar livre) até 30 de Junho, depois de ter recebido cerca de 10 milhões de visitantes em Paris, Madrid, Berlim, Bruxelas e Nova Iorque.

    Este álbum de família existe, naturalmente, em livro, numa edição da Taschen, intitulada Uwe Ommer,Transit: Around the World in 1000 Families.

    Foto 187 – Dakar, Senegal, 26 de Abril de 1997

    Antigo mecânico de carros, Habdoul é agora o coordenador protocolar presidencial. Organiza a recepção dos convidados de Estado ao mínimo detalhe, desde o momento que chegam ao aeroporto até à sua partida. Na qualidade de Muçulmanos praticantes, dizem-nos: “Nós pregamos à unidade em África e no resto do mundo”.

     

     

     Foto 539 – Montalegre, Portugal, 14 de Maio de 1998
    Cinquenta cabras, 20 cavalos, 15 vacas e vinha em todo o redor da casa. “Muito trabalho e pouco dinheiro”, comenta José, de 77 anos, que vive com a sobrinha de 50. No dia da sessão fotográfica, o sobrinho, um estudante de electrónica de férias, estava a ajudá-los a cortar a erva e a cuidar de umas vacas verdadeiramente espectaculares.

     
    Foto 958 – Garrni, Arménia. 23 de Agosto de 1999
    As pessoas descrevem Garnik como tendo ‘mãos de ouro’. Foi joalheiro até o mercado da joalharia entrar em colapso, tornando-se então sapateiro. “Observei outros sapateiros a trabalhar e folheei catálogos.” Faz sapatos com uma simples máquina de coser e uma grande dose de talento. Naira ensina Arménio na escola secundária e também dá aulas de Inglês e Francês na escola primária. Estão optimistas quanto ao futuro. “Pensam em ter mais filhos?” – “Sim, claro”, respondem. Ambos ajudam os pais, que se reformaram após 25 anos a trabalhar numa fábrica de níquel e que agora cuidam da horta, de um pomar e cultivam uns poucos campos, o seu principal meio de subsistência.

    joia2

    Funny Things – jóias de Dimitar Delchev na Galeria Reverso

    “Não é o elevado custo do material que torna uma jóia valiosa. O seu valor depende da imaginação do criador e da pessoa que a possui e usa”, afirma Dimitar Delchev, joalheiro e designer de vidro búlgaro. A sua exposição – “Funny Things” –, patente na Galeria Reverso até 25 de Junho de 2010, reúne “objectos-brinquedos”, criados a partir de materiais não convencionais, que questionam o verdadeiro valor da jóia.

    A Galeria Reverso está situada na Rua da Esperança, 59, em Lisboa.

    file-2-556x591

    Os Gémeos – Das paredes devolutas para o Museu Berardo

    São duas das figuras mais importantes do graffiti ou arte da rua. E é também a primeira vez que um museu português de grande dimensão acolhe uma exposição de artistas oriundos desta área criativa (embora a transição do graffiti para as paredes de uma galeria não seja nova). A dupla Os Gémeos, composta pelos irmãos brasileiros Otávio e Gustavo Pandolfo, é conhecida pelo uso do amarelo, do roxo e do vermelho em figuras fantásticas de proporções desmedidas, inseridas num imaginário sonhador, mas crítico.

    Embora estes artistas façam questão de separar o graffiti como expressão artística de rua, que utiliza os muros e os prédios devolutos como telas, e esse mesmo conceito numa galeria, a verdade é que é precisamente essa transição que torna a exposição “Pra Quem Mora Lá o Céu É Lá” no Museu Berardo, patente até 19 de Setembro, um evento a não perder.

    ensino_jornalismo

    Seminário “Ensino do Jornalismo e Identidade Profissional”

    Decorre hoje, dia 20, às 18h, no auditório 1 da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, o 2.º painel do seminário “Ensino do Jornalismo e Identidade Profissional” (o 1.º foi no dia 6 de Maio), com intervenções de Adriano Duarte Rodrigues (“A primeira licenciatura em Ciências da Comunicação”), Adelino Gomes (“Provedor dos ouvintes. Espécie em vias de extinção?”), Fernando Cascais (“O papel do CENJOR no ensino do jornalismo”) e Anabela Neves (“O projecto do jornalismo multimédia Parlamento Global”).


    new_mirror

    Abordagens alternativas da ilustração em exposição

    Esta é a não perder. New Mirror Illustration é a nova exposição patente na galeria da Who até 19 de Junho, com trabalhos de seis ilustradores seus agenciados, que assumem a responsabilidade de abrir novos caminhos de reflexão sobre a ilustração, desde “o manuseamento do papel de Rithika Merchant, à ilustração aplicada ao vídeo de Mónica Santos, passando pela escultura através da cerâmica de Maria Bicas Pereira, as caixas de luz de Xavier Almeida que exploram o desenho e a sombra, a foto-montagem de Luís Dourado que funde imagens iconográficas e a pintura mural sobre vidro em que Rosa Baptista assume o lado efémero da Ilustração”.

    A galeria da Who fica na Rua Luz Soriano, 71 (Bairro Alto) e está aberta de Segunda a Sexta, entre as 10h e as 20h, e aos Sábados, entre as 16h e as 20h.

    feira_do_livro

    O que faz a Feira do Livro de Lisboa especial?

    Os livros. Os livros à disposição de qualquer pessoa, para serem tocados e folheados. A disposição dos livros por editoras e organizados de forma díspar das livrarias. O local – bonito e agradável – que acolhe os livros. Os preços dos livros. O passeio que proporciona. Os encontros que proporciona. A partilha de saberes que os livros possibilitam. E tudo tem mais sabor quando é partilhado, não é?

    No âmbito da agenda cultural da Feira do Livro, destaco:

    • debate “Quero Ser Autor, e Agora?” (Moderador: Filipa Melo), 7 de Maio, às 19h30, no auditório APEL; 
    • debate “O Jornalismo Português” (Moderadores: Fernando Correia e Carla Baptista), 9 de Maio, às 15h00, no espaço EDP.

    A Feira do Livro de Lisboa está no Parque Eduardo VII até 16 de Maio.

    historias_casa_branca

    Apresentação do livro “Histórias da Casa Branca” de Germano Almeida

    Ao início, poucos acreditavam que era possível. Mas a eloquência invulgar de um jovem senador negro, com um nome esquisito e uma história de vida entusiasmante, começou a dar nas vistas – na América e no Mundo.

    Barack Hussein Obama, o primeiro afro-americano a conquistar a Presidência dos Estados Unidos, protagonizou a mais notável caminhada de que há memória numa campanha política.

    Partiu como underdog da corrida democrata, mas foi capaz de ultrapassar a favorita Hillary Clinton e de vencer John McCain na eleição geral, graças a uma extraordinária campanha. Antes do Verão de 2004, só era conhecido em Chicago. Depois do brilhante discurso de elogio a John Kerry, nunca mais deixou de ser alvo das atenções mediáticas.

    De rock star a líder inspirador, Barack Obama conheceu ascensão meteórica que o levou, em apenas quatro anos, de mero desconhecido a titular do mais influente cargo político do Mundo. Só mesmo na América.

    Germano Almeida começou, em 2008, o blogue “Casa Branca”. A iniciativa rapidamente evoluiu para meia centena de artigos publicados no jornal Sexta e, mais recentemente, na rubrica “Histórias da Casa Branca” do site de A Bola. Agora, as “Histórias da Casa Branca” deram corpo a um livro, no qual este jornalista explora os dois pólos do fenómeno Obama: a dimensão histórica e o lado “lunar”.

    A apresentação da obra decorrerá no Porto, dia 5 de Maio, às 21h30, na Fnac MarShopping, e em Lisboa, dia 10 de Maio, às 18h, na Bertrand Picoas Plaza.

    Com a chancela da Prime Books e o apoio da Fundação Luso-Americana, “Histórias da Casa Branca” conta com o prefácio do general Loureiro dos Santos e o posfácio do director de A Bola, Vítor Serpa.

    miguel_godinho

    “Entre Nós”, por Miguel Godinho

    Miguel Godinho, vencedor do prémio Fnac Novos Talentos 2009, na categoria de Fotografia, apresenta a série “Entre nos”, exposição patente no Teatro da Trindade, no espaço “Round the Corner”, até 2 de Maio. Uma vez mais, o fotógrafo parte da relação entre produtos urbanos e a Natureza, questionando a sobrevivência desta face à manifestação do humano.

    Quem não conhece o registo fotográfico de Miguel Godinho pode também visitar o seu site pessoal, que inclui algumas fotografias das séries “Mimesis”, “Nature” e “Nature II”.

    Próximas exposições fora de Lisboa

    O circuito cultural expositivo em Lisboa acaba por ter maior mediatização do que as restantes do país. Estas, que decorrem fora da capital, valem a pena.

     Error

     10 de Março a 10 de Abril | Teatro Avenida, Aveiro

    Por que vale a pena: o conceito é original – “Error” como expressão da incapacidade humana de evitar o erro – e o jovem artista plástico Tiago Margaça utiliza precisamente as paredes interiores do antigo Teatro Avenida como a sua tela.

     

    60 anos de pintura de Eurico Gonçalves

     Até 12 de Março | Galeria Municipal de Abrantes

    Por que vale a pena: Eurico Gonçalves foi um dos precursores da “pintura gestual” (ou pintura de acção) em Portugal. Aderiu ao surrealismo em 1949, ilustrando numerosas narrativas de sonhos e manifestando-se através do improviso.

     

    Pintura de Manuel Caeiro

    Até 28 de Março | Palácio Vila Flor | Guimarães

    Por que vale a pena: Manuel Caeiro esforça-se por questionar a pintura através da criação de novas ordens, detalhes e módulos.

     

    Manuel Oliveira, José Régio – Releituras e Fantasmas

    Até 13 de Março | Centro de Memória de Vila do Conde

    Por que vale a pena: a exposição apresenta a influência do escritor José Régio no cinema de Manuel Oliveira.

    Próximas reuniões científicas na área do jornalismo

    Local: Palácio de Congressos de Huesca, Espanha.

    Data: 11 e 12 de Março de 2010.

    Grandes temas: desaparecimento do jornalismo, novas narrativas, jornalismo integrado (ou de convergência) e jornalismo on-line em Portugal (com a participação do professor universitário e editor on-line do Público, António Granado).

     

    Local: Universidade de Westminster, Londres.

    Data: 25 e 26 de Março de 2010.

    Grandes temas: dimensões dos media minoritários em África, relação entre media e direitos humanos, implicações dos media na identidade política, nos dialectos, no racismo e conflitos. 

     

    Local: Tartu, Estónia.

    Data: 14 a 16 de Abril de 2010.

    Grandes temas: Papel do indivíduo na transformação cultural, património cultural e linguagens da arte.

     

    Local: Universidade de Austin, Texas.

    Data: 23 e 24 de Abril de 2010.

    Grandes temas: jornalismo on-line e novo papel do jornalista.

     

    2010_02_joia_espelho-da-sociedade_g

    "Jóia, Espelho da Sociedade", 25 de Fevereiro, às 15h

    Enquanto objecto de uso ao longo dos séculos, a jóia traduz a filosofia, o gosto, as crenças, as necessidades dos povos e das épocas. Ao longo dos últimos cinquenta anos, a Joalharia surge no quadro das artes também enquanto veículo de expressão plástica, com um papel que ultrapassa e transcende os clichés da jóia de ostentação, estatuto e poder a que esteve associada no passado.

    O encontro-debate franco-português subordinado ao tema “Jóia, Espelho da Sociedade” terá lugar no Instituto Franco-Português, no próximo dia 25 de Fevereiro, às 15h. A entrada é livre. O evento conta com a participação de artistas joalheiras Brune Boyer-Pellerej, Ana Cardim, Ana Campos, Monika Brugger, Cristina Filipe e Sophie Hanagarth, das sociólogas Cristina Duarte e Cécile Michaud e da historiadora Luísa Penalva.  

     

    Victor_Palla

    Lisboa tem Histórias

    O Museu da Cidade lançou uma campanha original para assinalar o seu centenário. Chama-se Lisboa tem Histórias e pretende recordar as vivências, os costumes e as histórias de vinte personagens míticas, anónimas ou pouco conhecidas, caricaturadas por João Fazenda, que, pela suas singularidades, contribuíram para a história da cidade de Lisboa. São os casos de Luciano das Ratas, da estanqueira do Loreto ou do arquitecto e designer Victor Palla.

    A campanha desenvolve-se até finais de Março, através de acções pontuais nas principais artérias da cidade, e da respectiva exposição no Pavilhão Preto do Museu da Cidade (Campo Grande).

    estrela_07dif_1258561388

    Feiras e bazares de Natal com criadores portugueses

    Em vez de comprar aqueles presentes comuns naqueles centros comerciais ainda mais comuns, visite os próximos bazares de Natal que reúnem criações portuguesas (algumas já fazem parte da minha lista ao Pai Natal… ou da minha carteira).

    Em Lisboa

     Mercado Mundo Mix (4, 5 e 6 de Dezembro, Lx Factory)

     A 23.ª edição do “concentrado de novos talentos” vai decorrer na Lx Factory, nos próximos dias 4, 5 e 6 Dezembro, entre as 12h e as 22h. Além da zona comercial, o Mundo Mix promove workshops, novas bandas e DJ´s sessions. Entrada gratuita.

    Crafts & Design (5, 6, 12 e 13 de Dezembro, Jardim da Estrela)

    Promovido pela Arquitexturas, o certame conta com criadores nas mais diversas áreas, desde a cerâmica, o design gráfico e de equipamento, a fotografia, a ilustração, à joalharia e moda. Tem espaço marcado no Jardim da Estrela, entre as 09h e as 18h.

    Christmas Sale no atelier Alexandra Moura (5 a 8 de Dezembro)

    A designer de moda Alexandra Moura vai promover uma acção especial de Natal no seu atelier, entre 5 e 8 de Dezembro, das 14h00 às 20h00, disponibilizando colecções passadas com 50% de desconto, assim como a nova colecção Outono/Inverno 09/10.

    O atelier de Alexandra Moura fica na Rua Latino Coelho, 33, 1.º Esq. (Saldanha).

    Natalis (5 a 13 de Dezembro, FIL, Parque das Nações)

    Este certame, organizado pela FIL – Feira Internacional de Lisboa, aposta em artigos a preços convidativos, numa oferta que passa pelo gourmet, acessórios de moda, artesanato, brinquedos, livros e decoração. Decorre entre 5 e 13 de Dezembro, das 14h30 às 23h00. O bilhete tem um valor de 2 Euros, mas reverte a favor das instituições de solidariedade presentes no evento.

     

    No Porto

    Artesanatus 2009 (5 a 23 de Dezembro, Praça D. João I)

    Esta feira de artes e ofícios reúne entre 5 e 23 de Dezembro, na Praça D. João I,  trabalhos de 40 artesãos e designers de todo o país.

    Bazar de Natal Serralves (até 30 de Dezembro, loja da Fundação Serralves)

    Como vem sendo tradição, a fundação Serralves organiza até 30 de Dezembro um bazar de Natal com produtos exclusivos da sua marca e de criadores portugueses.

    Exposição e venda de autor no Espaço Imerge  (até 31 de Dezembro)

    A galeria fica em pleno centro histórico do Porto (Rua de Santa Catarina, 777) e reúne para venda até 31 de Dezembro trabalhos de 50 criadores nas áreas de joalharia, escultura, pintura, fotografia, cerâmica, mobiliário, serigrafias, acessórios, literatura e artesanato.

     

    Conferência “A Arte Comunicante”, dia 26, no CNC

    A comunicação afirmou-se como espaço essencial que determina tanto a criatividade como a inovação. As tecnologias de informação e do conhecimento definiram uma nova forma de comunicar transversal aos vários campos do saber. Como resultado, as artes, bem como as ciências, reconfiguraram-se integrando esta necessidade comunicativa na sua identidade criadora.

    Integrada no projecto de reflexão “Metamorfoses da Criatividade”, organizado pelo Centro Nacional de Cultura e a Universidade Católica, a conferência “A Arte Comunicante” visa discutir as influências das tecnologias de informação nas artes e na criação em geral. O evento terá lugar na Galeria Fernando Pessoa do Centro Nacional de Cultural, às 18h00, é moderado por Rogério Santos e conta com a participação de António Pinto Ribeiro, João Salaviza e Maria Teresa Cruz.

    A terceira e última conferência deste projecto é subordinada ao tema “A Natureza da Criatividade” e decorrerá no dia 14 de Janeiro de 2010, na Universidade Católica.

    Induscria na Arte Lisboa

    A Induscria – Plataforma para as Indústrias Criativas está presente na 9.ª edição da feira de arte contemporânea Arte Lisboa, patente ao público até 23 de Novembro, no Pavilhão 4 da FIL.

    Criada há poucos meses (falei dela aqui), a Induscria pretende prestar serviços no âmbito da Cultura, do Conhecimento e da Inovação, através da criação de uma plataforma para agentes, equipamentos e eventos culturais autónomos e da activação de espaços, vocacionando-os para a criação de projectos e negócios criativos inovadores.

    A Arte Lisboa reúne, nesta edição, 67 galerias nacionais e internacionais e promove um ciclo de três debates: “Residências artísticas: um ‘oásis’ para a criação?”, moderado por Sílvia Guerra (sexta-feira, 19h00, auditório do Pav. 4); “Museus, bienais, trienais… como contribuem para a notoriedade internacional e desenvolvimento cultural das cidades”, moderado por Lúcia Marques (sábado, 17h00, auditório do Pav. 4); por fim, “Rosalux”, moderado por Lígia Afonso (sábado, 19h00, auditório do Pav. 4).

    4.ª edição da Panorama – inscrições até 12 de Novembro

    apordocAcabam na próxima quinta-feira, dia 12, as inscrições para a Panorama – 4.ª Mostra do Documentário Português. Organizada pela Apordoc – Associação pelo Documentário e a EGEAC, a mostra, não-competitiva, constitui um espaço de observação e reflexão sobre o documentário feito em Portugal ou por portugueses. As inscrições estão abertas a filmes produzidos depois de Novembro de 2008. Consulte toda a informação aqui.

    Le Coq Tuguese – Mostra criativa portuguesa no Mercado da Ribeira

    lecoqtuguese

    Integrada nos eventos tangenciais da Experimenta Design ’09, a Le Coq Tuguese é a primeira mostra de profissionais portugueses juniores e seniores nas áreas do design, ilustração, webdesign, arquitectura, acessórios de moda, fotografia, entre outras. É bom para os profissionais, que trocam contactos e experiências, e é bom para o público, que pode conhecer e comprar trabalhos de criativos emergentes e consagrados do país.

    A mostra irá decorrer nos dias 29, 30 e 31 de Outubro, no Mercado da Ribeira, em Lisboa. Além da exposição, o programa conta com outras atracções: um painel de oradores, entre os quais Carlos Coelho (“O poder das marcas”) e os editores da revista Umbigo (“Umbigo e o seu percurso”), workshops sobre design e o colectivo Super Gorrila.

    O Le Coq Tuguese é organizado pela Nutkase, Napron.Love e Caffeine.

    Depois conto como foi.

    Exposição de joalharia contemporânea portuguesa no Instituto Franco-Portugais

    sardinha_1O Instituto Franco-Portugais acolhe até ao próximo dia 3 de Outubro uma exposição do trabalho de três joalheiros: Miriam Castro, Catarina Silva e Artur Madeira.

    Os três joalheiros são ex-alunos da Ar.Co, mas abordam a joalharia de formas muito díspares. A obra de Miriam Castro assenta na reinvenção de objectos usados e “restos urbanos”; Catarina Silva inspira-se na arte tradicional portuguesa, como os famosos bordados de Viana de Castelo, e Artur Madeira trabalho essencialmente o ouro.

    Fotografia: brinco de Catarina Silva.

    Mais notícias sobre joalharia

    Festival de Artes Performativas em Vila do Conde, entre 19 e 26 de Setembro

    HeaderV1Que a associação cultural Circular é um dos principais agentes de dinamização cultural de Vila do Conde já ninguém contesta (ou ousa). O Festival de Artes Performativas é um exemplo paradigmático. Já na 5.ª edição, o programa deste ano, entre 19 e 26 de Setembro, inclui duas partes da trilogia “Clean/Décline” do coreógrafo Marco Berrettini, a estreia da performance musical “1999” de Kurdian e as novas criações “Utopias, Ciborgues e Outras Casas nas Árvores” de Cláudia Cruz.

    O Festival acolhe ainda trabalhos de Joclécio Azevedo, da companhia de teatro Mala Voadora e de Sónia Baptista. Uma mostra editorial sobre artes performativas em Portugal e um conjunto de debates completam o programa, que pode ser lido aqui.

    3.º MOTELx ? 5 motivos para assistir aos 5 dias do festival

    motelx09_cartaz_sTrace um “x” em todos os compromissos lúdicos dos próximos 5 dias (nem mesmo o Dinamarca-Portugal se sobrepõe, embora exista a possibilidade de se transformar numa longa-metragem de terror) e alugue um quarto no MOTELx, “ex”-Cinema São Jorge, em Lisboa, entre 2 e 6 de Setembro, para assistir à III edição deste Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa.

     Alcançada a fase de maturidade, este ano arrisca-se a ser o melhor da curta vida do MOTELx, organizado pelo CTLX – Cineclube de Terror de Lisboa. Secções novas, 24 filmes inéditos em Portugal, as presenças de Stuart Gordon e de John Landis, realizador de “Thriller” (bem a propósito) e um cine-concerto compõem o cartaz. Como não faltam motivos para assistir, escolho os 5 melhores, com base nas sugestões de João Monteiro, um dos organizadores do festival.

     

    1. “Serviço de Quarto” com 24 filmes inéditos no país

    A secção principal do festival apresenta 24 longas-metragens inéditas em Portugal, produzidas entre 2007 e 2009, com forte representação da produção europeia e asiática. Destacam-se Rogue, de Greg MacLean, que inaugura o festival, quarta-feira, às 21h45, o tailandês 4BIA (sexta-feira, 24h00), o indonésio Macabre (Sábado, 24h00) ou o polémico The Children (Domingo, 19h00). 

    2. “A dança dos paroxismos” ao som de Legendary Tiger Man e Rita Redshoes  

    A nova secção do MOTELx – “Quarto Perdido” – resulta de uma extensa pesquisa levada a cabo pela Organização na Cinemateca dos melhores filmes portugueses de terror. Uma dessas relíquias é “A dança dos paroxismos”, realizado por Jorge Brum do Canto em 1929, que, segundo João Monteiro, pode ser considerado o primeiro filme experimental de terror nacional. Baseado numa lenda nórdica, o filme retoma o poema “Les Elfes” de Leconte de Lisle. É apresentado numa sessão especial, quinta-feira, às 21h45,  com a interpretação ao vivo da dupla Legendary Tiger Man e Rita Redshoes, que compõs a banda sonora original para esta longa-metragem (muda).

     3.  “Fazer rir e meter medo” com John Landis e Stuart Gordon

    Mais conhecido do público em geral por ter realizado o videoclip de Michael Jackson “Thriller” (1981), John Landis, um dos convidados do MOTELx, é para os aficcionados do género o homem do clássico “Um lobisomem americano em Londres”. A versão remasterizada tem exibição no sábado, às 21h45. A secção “O Culto dos Mestres Vivos” conta também com outro convidado de honra, Stuart Gordon, criador do arrepiante “Re-Animator” (1985), que decorre na sexta-feira, às 21h45.

    4.  Viva la Muerte! Autopsie du Nouveau Cinéma Fantastique Espagnol 

    Uma investigação do jornalista Yves Montmayeur sobre a tendência do cinema de terror em Espanha culminou no filme “Viva la Muerte! Autopsie du Nouveau Cinéma Fantastique Espagnol” que estreia mundialmente no MOTELx, sexta-feira, às 19h30. A sessão, integrada na secção “Doc Terror”, conta com a presença de Yves Montmayeur. 

    5.  Competição de curtas-metragens portuguesas

    O 1.º Prémio Motelx para a Melhor Curta de Terror Portuguesa 2009, outra novidade do Festival, tem 14 curtas em competição, exibidas nos últimos três dias, às 15h. A Melhor Curta de Terror Portuguesa 2009, escolhida por um júri composto por António de Macedo, Tiago Guedes e Yves Montmayeur, recebe o valor pecuniário de 1.500 Euros e encerra o festival, Domingo, às 21h45.

    Consulte

    Site oficial do MOTELx

    Blogue do MOTELx

    Programação (.pdf)

    Horários (.pdf)