Criadores # Diogo deCalle

Assume-se, acima de tudo, como artista plástico, mas a sua experiência como performer e bailarino está intimamente ligada às suas obras. É o corpo que sobressai. Sempre. E são as formas que o compõem as responsáveis por um futuro que presumo promissor.

Diogo deCalle é um jovem lisboeta, mas o traço que o liga ao corpo já tem alguma maturidade. Licenciado em Artes Plásticas – Escultura, foi vencedor da Mostra Jovens Criadores  2008.

A sua mais recente exposição, “À procura do corpo”, com curadoria de Jorge Reis, está patente na galeria Other Things, em Óbidos, entre 19 de Agosto e 16 de Setembro de 2011.

olho_bionico

O Olho Biónico de Daniela Ribeiro

A exposição Olho Biónico – Ensaio de Comunicação, de Daniela Ribeiro, patente no Museu das Comunicações até ao próximo dia 31 de Julho, resultou de um desafio lançado pela Fundação Portuguesa de Comunicações a esta artista plástica. Objectivo: perspectivar uma tendência evolutiva da comunicação futura. Resultado: um projecto composto por 14 olhos biónicos, criados a partir de componentes electrónicos de cerca de 2000 telemóveis, combinando fotografia e tecnologia, ligados entre si pela Internet.

Daniela Ribeiro é fundadora da ArtinPark, uma associação cultural que proporciona ateliers a 12 jovens artistas, localizada desde 2008 na Spazio Dual (Av. Da República, 41, Lisboa), um espaço que combina um showroom de automóveis das marcas Alfa Romeu e Lancia, um restaurante e 800 metros quadrados da associação transformados em ateliers, loja e galeria.

Duas visitas a fazer.

“Identidade e Simulacro” – Junho das Artes em Óbidos até dia 28

70_Logo“Identidade e Simulacro” é o tema da segunda edição do Junho das Artes, na vila de Óbidos, a decorrer até ao próximo dia 28 de Junho. Durante este período, cerca de 50 artistas contemporâneos promovem uma interacção com vários espaços interiores e exteriores de Óbidos, com o objectivo de “criar uma fusão entre o património construído de origem histórica e a produção criativa, cenografando o ‘corpo’ criativo da própria vila”.

Comissariada por Luís Serpa, a iniciativa reúne um conjunto de artistas consagrados – Baltazar Torres, Carlos Correia, Diann Bauer, João Vilhena, Lidija Kolovrat, Luís Campos, Roberto Barni e Susanne Themlitz – e dezenas de novos criadores, entre eles Bárbara Assis Pacheco, Ana Anacleto e Samuel Rama. Os trabalhos estarão expostos no Centro de Design de Interiores, nas galerias de arte, nas igrejas, nos museus e nas próprias ruas de Óbidos.